Blog

BOA DICA para ter motivação no trabalho e SUPERAR a crise

Crise é um dos assuntos mais comentados na atualidade, não é? Seria possível afirmar que a ausência de motivação no trabalho é proporcional ao tamanho do medode lidar com a crise. Afinal o medo da crise já afeta não só diversas empresas, o bolso do cidadão e as noites de sono de muitos brasileiros.

Mas viver preocupado e inseguro não deve ser só sua opção de vida.

Poderíamos afirmar que a crise também é boa.. Parece loucura? Talvez seja! Mas não se olharmos por outro ponto de vista. Vamos refletir?

Entender que a crise pode ser boa, nos da a sensação de que a vida muda, que onde há crise, tantas outras possibilidades podem surgir.
Imagine quantas novas habilidades você não pode desenvolver, não é? Talvez precisamos mudar o foco para enxergar.

É isto mesmo! Questão de foco.

No último artigo, compartilhei um pouco sobre novos caminhos e como é possível se proteger e mudar para ter poder de escolha em meio a crise.
Uma passagem em particular chamou atenção de muitos leitores:
Schopenhauer diz que:
“Todo homem toma os limites de seu próprio campo de visão como os limites do mundo”.

Muita gente vive em um estado de apreensão constante, como se viver em meio à crise fosse um peso a ser carregado a cada dia.
Eu sei que a crise tira o foco de muitos, eu mesma tenho tido que me esforçar para focar. Focar em não focar no problema. Focar emnovos objetivos, em novas metas, deixar a criatividade fluir e dedicar toda minha energia em pura ação.

Talvez você se recorde que em 2008, milhões de investidores pegaram seu rico dinheirinho e fugiram da crise do mercado financeiro para proteger os seus investimentos, não é? Talvez você tenha amigos e familiares que deixaram o Brasil, fugindo da crise.

E quem ficou sobreviveu! E outros tantos também chegaram porque viram oportunidades.

Por outro lado, a crise nos fez importantes, nós, o “povo”, que de repente nos unimos e saímos batendo nossos panelaços nas ruas. Que muito de nós, nos de almas rasgadas mostramos o peito aberto que “o gigante acordou”.

E nós não tivemos medo.

Mas você já se perguntou porque não tivemos medo?

Porque juntos encontramos forças, e o mundo on line também serviu para a nossa união. Na internet, nos celulares com todos, as roubalheiras, alí na foto, ao vivo, no click, na mesma velocidade que tudo acontece.

Nós temos clareza de visão.

Mas como? Se todos mentem o tempo todo?

A crise nos ensina a ver que a verdade é o contrário de tudo o que dizem os políticos, testemunhas, seus depoentes e réus.

A verdade está em tudo o que eles afirmam que não.

Como diria o mega investidor Warren Buffett “O que aprendemos com a História é que as pessoas não aprendem com a História.”

Se almejamos não apenas sobreviver, mas sim vencer essa e outras dificuldades que ainda estão por vir, uma das coisas que precisaremos fazeré aprender.

Aprender com nossos erros, aprender com os erros alheios. Aprender com a história.

Mas, ao contrário do que se possa imaginar, superar a crise não tem a ver com o convencimento do não medo da forma como conhecemos, ou seja, usar o conhecimento lógico-racional para explicar detalhadamente o porquê não ter medo.

E sim de dar liberdade a seus pensamentos e a enxergar novas formas, caminhos e oportunidades.

Adaptar-se.

Há muito mais na história que não podemos subestimar a sua grandeza.

Provavelmente você já estudou as Leis de Newton, naquelas aulas de Física, não é?

Elas foram definidas em 1687 e se referem ao movimento de objetos físicos.
Isaac Newton não buscava ser um precursor da motivação pessoal do século XXI, mas a sua primeira Lei traz em si, a chave para sair da situação de pessoas que se encontram paralisados e dos atoleiros de problemas que enxergamos quando enxergamos apenas a crise, e sentimos medo, insegurança, ansiedade e angústia.

Em resumo, a Primeira Lei de Newton, que você deve ter conhecido como Lei da Inércia, diz:

  • Um objeto que esteja em repouso permanecerá em repouso a não ser que uma força aja sobre ele;
  • Um objeto que esteja em movimento não mudará a sua velocidade a não ser que uma força aja sobre ele.

Parece bem simples, mas aplicadas à situação de quem tem dificuldade a lidar com seus medos, porque espera condições ideais para motiva-se, a Lei da Inércia pode ser uma inspiração forte, para você aprender a lidar com esta situação.

Portanto, na próxima vez que você olhar para a crise e sentir medo, pense:

“Agora será diferente!”

Lembre-se de Newton e escolha logo um foco para usar sua energia (mesmo que seja menos relevante ou menos prioritária) .
Para iniciar, usando esta decisão consciente de arregaçar as mangas e agir como a força necessária para colocar-se em movimento – e sabendo que, uma vez em movimento, permanece em movimento, agindo.

Como diria Thomas Edson, “Talento é 1% de inspiração e 99% de transpiração”.

E, para finalizar, eu adoraria saber a sua opinião sobre como lidar com o medo.

Deixar se comentário logo abaixo seria uma forma de iniciar esse movimento. Afinal um brasil inteiro aguarda ansioso pelas suas palavras.

Agora é o melhor momento para você transformar o seu futuro.

É hora de liberar suas ideias aprisionadas e correr atrás de seus novos objetivos.

Ultrapasse obstáculos, especialmente mentais, aqueles que fazem você ver e não enxergar.

No Comment

0

Post A Comment